Últimas Notícias
Home » Sindicato » Sindicato da Hotelaria vai às ruas dizer NÃO às reformas de Temer.

Sindicato da Hotelaria vai às ruas dizer NÃO às reformas de Temer.

Eu vi a praça virar mar!

O dia 28 de abril de 2017 vai ficar para sempre marcado na vida do brasileiro como dia em que a população se uniu para protestar contra medidas antipopulares do governo federal ilegítimo, cujo presidente chegou ao poder através de um golpe de estado. Um dia em que índios, brancos, negros, homens, mulheres, estudantes e professores, trabalhadores de todas as categorias saíram às ruas e avenidas do País, para dizer não ao projeto de reformas trabalhista e da previdência implementadas pelo governo ilegítimo de Michel Temer.

O dia 28 de abril, conhecido como o dia da Greve Geral, mobilizada por todas as centrais sindicais – também poderia entrar para história como o dia da união de forças que há tempos não se via no Brasil.

Em Teresina, desde cedo, os trabalhadores, motivados pelos seus sindicatos e pelo desejo de mudar o rumo da história, concentraram – se nos mais diversos pontos da cidade: Balão da Universidade Federal, região Leste, em frente ao MTE e na Praça Rio Branco, no centro.

20170428_092232 20170428_095958

Passava das oito da manhã, quando caravanas chegavam de cidades vizinhas para engrossar a luta por justiça social. Todos, na mesma marcha, tomaram ruas e avenidas da capital e se encontraram na Praça Rio Branco. Eu estava lá e de repente, eu vi a praça virar mar, um mar de gente!

20170428_101715 20170428_102924

Entre dois rios, um mar tão bonito formado por sindicalistas, religiosos, professores, estudantes, policiais, comerciários, servidores do judiciário, enfermeiros, técnicos de enfermagem, carteiros, mototaxistas, dentistas, agentes de saúde, agentes de endemias, dentre outras categorias de trabalhadores lutando por justiça social. Uma festa da democracia.

20170428_101743 20161223_091158

Daí, o mar desaguou nas ruas do centro comercial, parada estratégica em frente ao prédio do INSS.

Foi bonito de ver a população unida na tentativa de tomar as rédeas do País. Foi bonito de ver o centro comercial de Teresina fechar as portas das lojas e abrir os braços para abraçar a luta do trabalhador. Foi incrível fazer parte desse momento histórico do meu Brasil, no dia em que eu vi a praça virar mar!

Valeu, Teresina! Valeu, Piauí!

SINTSHOGASTRO Piauí – Construindo Uma Nova História!

Por Wilma Rocha

Assindi