Home » Sindicato » Greve dos Hoteleiros do Piauí é destaque nacional

Greve dos Hoteleiros do Piauí é destaque nacional

PIAUÍ

Superintendência Regional do Trabalho promove diálogo entre sindicatos da rede hoteleira

Trabalhadores estavam em greve desde o dia 23 de dezembro, mas voltaram às atividades na última terça (27)

  • Publicado: Sexta, 30 de Dezembro de 2016, 17h34
  • Última atualização em Terça, 03 de Janeiro de 2017, 10h53
  • Acessos: 154

Desde o dia 23 de dezembro, o setor hoteleiro estava com as atividades interrompidas no Piauí. Mas esta semana a Superintendência Regional do Trabalho (SRT/PI) promoveu uma reunião para conciliar interesses dos sindicatos da área e acabar com a greve. O encontro contou com a presença dos presidentes dos sindicatos patronais e dos trabalhadores, Moacir Fernando Rodrigues Uchoa e Uldeci Domingos Coelho. Além do superintendente Regional do Trabalho, Philippe Salha, que intermediou o diálogo entre trabalhadores e patrões.

A categoria reivindicava um reajuste salarial de 10%. O sindicato patronal ofereceu 4,5%. Com a ajuda da SRT, houve acordo e a os trabalhadores no setor decidiram aceitar a proposta e voltar às atividades. “O diálogo é a melhor forma de se avançar nas negociações. Aqui é a casa do trabalhador e estamos sempre abertos para mediar conflitos e buscar soluções entre patrão e trabalhador”, ressaltou Salha.

20161223_090435 20161223_104039

Fernando Dias, secretário geral do Sindicato Intermunicipal dos Trabalhadores no Comércio Hoteleiro em Estabelecimentos de Hospedagem de Gastronomia, Refeições Coletivas e Casas de Diversão do Estado do Piauí (SINTHOGASTRO), destacou a importância desse setor para capital. “Teresina é uma cidade voltada para o turismo de negócios. Empregamos sete mil pessoas que atendem um público frequente, o ano inteiro e não só em datas festivas”, disse.

 

Ministério do Trabalho
Assessoria de Imprensa
imprensa@mte.gov.br
(61) 2021-5446

 

Assindi